quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Dra. Eliana Passarelli reforça o time das mulheres na política

Se aproximando dos 40 anos de carreira, Eliana Passarelli reforça a importância da mulher brasileira no cenário político. 


Falar da participação da mulher no cenário político do nosso país é bastante interessante porque nos traz uma reflexão muito grande, principalmente em um país de cultura predominantemente machista e de raízes patriarcais como o nosso. 

Ver a mulher tomando o espaço que é dela de direito na sociedade, principalmente na política, um campo até então tido como de homens, é um avanço que mesmo a passos lentos, está se tornando realidade. Foram centenas de anos sendo excluídas do cenário político, o direito ao voto por exemplo, as mulheres conquistaram apenas em 1930. 

Engana-se quem acha que o papel da mulher é cuidar da casa, do marido e criar os filhos. A participação da mulher na política fortalece a democracia, ela é responsável na construção e transformação de uma sociedade mais justa e mais humana, é responsável também pelos avanços de diversos setores da sociedade. É certo que há ainda muito a avançar. 

"Eliana Passarelli é exemplo de representatividade feminina em vários aspectos da sociedade brasileira".

A Promotora de Justiça, Dra. Eliana Passarelli, é exemplo de toda essa luta da mulher brasileira pelo seu direito na sociedade. Começou sua carreira e luta desde muito cedo. 

Aos 16 anos conquistou seu primeiro emprego como recepcionista em um consultório médico. Foi professora voluntária de alfabetização de adultos do projeto "Mobral". Com 18 anos se tornou Vice presidente do Instituto de Cegos Padre Chico onde atuou por 8 anos. Daí em diante não parou mais de estudar e lutar pelos seus direitos. Em 1974 iniciou de uma só vez, dois cursos universitários, Jornalismo e Direito. Já formada como jornalista e advogada, trabalhou de 1979 a 1984.

"Sua carreira com quase 40 anos coleciona inúmeros e importantes trabalhos na sociedade brasileira". 

Em seguida passou no concurso público e se tornou Advogada de Ofício da Justiça Militar Federal entre os anos de 1984 e 1986. Nesse meio tempo passou também no concurso público do Ministério Público de São Paulo (MPSP), onde atua até os dias de hoje como Promotora de Justiça. Já trabalhou nas cidades de Guararema, Osasco, Barueri, Mauá, Suzano, São Caetano do Sul, Arujá, Mairinque, Guarujá, Ferraz de Vasconcelos e Poá.

Ao longo de sua carreira que soma quase 40 anos, Eliana Passarelli coleciona inúmeros e importantes trabalhos na sociedade brasileira, foi parte fundamental no 1º, 4º e 5º Tribunal do Júri da Capital, atuou no grupo de proteção à pessoa idosa, no grupo de atuação de inclusão social, na Promotoria da Justiça Militar do Estado de São Paulo. 

Passou pela Procuradoria Criminal do Ministério Público de São Paulo - MPSP, foi consultora jurídica da CPI dos maus tratos junto ao Senado Federal, mestre em Direito pela PUC/SP. Por 25 anos foi professora universitária da PUC/SP, é Coordenadora da Universidade Brasil Polo Caieiras e professora da Escola Superior do Ministério Publico de SP. 

"A representatividade feminina é extremamente necessária quando pensamos na luta das mulheres pelos direitos".

A representatividade feminina é extremamente necessária quando pensamos na luta das mulheres pelos direitos em um contexto onde ainda há muito preconceito, exclusão e violência contra a mulher. 

Lugar de mulher é onde ela quiser estar.

Jairo Rodrigues 
repórter e colunista TVRNews









Um comentário:

  1. conheço muito bem ela, gostaria de saber se esta se candidatura a que, meu voto e dela meu zap 9 65523223

    ResponderExcluir