sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Rádio Metropolitana tem sinal afetado em São Paulo por conta de frequência irregular

Antena com transmissão irregular estava instalada na torre do Grupo Bandeirantes 



Conforme publicação no facebook feita pelo dono da Rádio Metropolitana em São Paulo, Jayr Sanzone, uma transmissão irregular de rádio iniciou-se na última quinta-feira, 30 de agosto, em antena instalada na torre do Grupo Bandeirantes, chegando a impactar diretamente no alcance da Rádio. 

Posicionado na frequência 98.5, este sinal tem impactado diretamente no alcance da Rádio Metropolitana, a preferida pelos jovens, e que é responsável legalmente pela frequência nesta estação.

A transmissão foi identificada pela equipe de engenheiros da Metropolitana, que no processo para medição de campo de sinal localizaram a frequência oriunda da Rua Minas Gerais, no bairro Higienópolis.

Esta não é a primeira vez que são utilizados artifícios ilegítimos para atingir uma audiência já consolidada pela Metropolitana. Em abril de 2016, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) lacrou um transmissor após três dias, mas o fato vem a se repetir, ocasionando bagunça generalizada na frequência e fazendo com o que o público ouça duas músicas ao mesmo tempo.

Em nota, o Grupo Bandeirantes de Comunicação alegou ter alugado o espaço para terceiros, não tendo quaisquer responsabilidades com a transmissão irregular.

A Rádio Metropolitana, atualizando as informações já fornecidas à imprensa e divulgadas em seus canais online, afirma que tomará todas as medidas cabíveis e reforça a importância de posicionar seus ouvintes de forma transparente e correta.

A Metropolitana também lamenta os equívocos de interpretação ocasionados em nota anterior, que induziram numa errônea ligação entre o Grupo Bandeirantes e o canal ilegal.

Em breve, o sinal estará novamente por toda cidade de São Paulo. Para quem estiver com dificuldade de recepção, pode ouvir a programação completa no site metropolitanafm.com.br/ao-vivo ou baixar o aplicativo na Apple Store ou Google Play.

Jairo Rodrigues 
repórter e colunista TVRNews

Reprodução | Rede Social

Nenhum comentário:

Postar um comentário